domingo, 6 de julho de 2008

Um pingo de ressaca moral

Protesto na frente do Bar do Pingo (foto de Charles Guerra/Diário)


Fatos:
1) No sábado retrasado, dia 28, um jovem administrador de empresa de 25 anos não concordou com a conta no Bar do Pingo, na esquina da Astrogildo de Azevedo com a Floriano Peixoto, no Centro de Santa Maria. Terminou a noite com alguns dentes quebrados e com o maxilar partido em dois.
2) Na quinta-feira à noite, mais de 100 pessoas fazem protesto em frente ao Bar do Pingo, propondo boicote coisa e tal, por causa da violência. O trânsito foi fechado, os jornais divulgaram fotos...

Conseqüências:
1) Advogado da vítima fecha acordo com o bar, para não haver processo. As bases ainda não são conhecidas.
2) Sábado, meia-noite. Uma fila de quase 40 pessoas se forma do lado de fora do bar. Todas querendo entrar.

Desejos:
1) Que as casas noturnas sejam fiscalizadas de verdade pelas autoridades, a começar pelos seguranças.
2) Espero que nenhum dos que estavam na fila no sábado passado tenha comparecido ao protesto. Seria muita hipocrisia.

2 comentários:

Ale disse...

Olha, Tigre, eu já acho que boa parte dos manetas que estavam protestando tb estavam na porta pra entrar naquele buteco. Essa história de bate em clientes nao é a primeira ne? Vamos falar sério. Sem contar que rolou aquele lance de preconceito pq as duas minas tavam dando um selinho. Por mim que feche essa bodega

Cor de Rosa e Carvão disse...

he he he. eu n poria minha mão no fogo...